Como usar cúrcuma para tratar dores

Como usar cúrcuma para tratar dores

Oi gente, no artigo de hoje vamos dar uma dica de Como usar cúrcuma para tratar dores que muitos conhecem como açafrão. Muito utilizado na culinária brasileira, agora tem sido alvo de estudos para o uso terapêutico e em cosméticos. E os resultados desses estudos tem sido bastante animadores. Há quem diga que o uso desse condimento para tratar determinadas dores é melhor do que de drogas farmacêuticas como o ibuprofeno, por exemplo.

Mas você pode estar se perguntando o que a cúrcuma tem que faz com que o uso terapêutico seja tão eficiente. A resposta está em um composto ativo chamado curcumina que é antioxidante, tem um pigmento fenólico responsável pela cor amarelo alaranjado e de sabor levemente amargoso, porém intenso bastante característico do condimento.

Aqui em casa eu sempre utilizo açafrão especialmente em carnes brancas, leguminosas e arroz. Trouxe isso de herança de Goiás, minha terra querida. Mal sabia eu do poder desse condimente. Ele é antioxidante e, segundo a ciência, tem o poder de dar saúde as células antes já oxidadas pelos tias radicais livres. Além disso tem poder anti inflamatório auxiliando nos processos que causam dores.

Há diversas formas de incluir a cúrcuma nas refeições diárias e se você ainda não tem esse hábito, fica aqui nossa sugestão m para uma alimentação mais saudável. Aconselho, inclusive que você faça a substituição do famoso coloral/colorífico, que é transgênico, pela cúrcuma, que é natural.

Você pode ir adicionando-a também nas sobremesas, nos migais, nos molhos enfim…já há estudos que apontam resultados muito favoráveis nos tratamentos contra o câncer e doenças degenerativas, não é ótimo, além de artrite, dores musculares e no rejuvenescimento. 

Vou deixar aqui a receita de uma pomada de cúrcuma usada na Índia há séculos para tratar essas dores musculares e para fazer você irá precisar apenas de:

  • 1/2 xícara de açafrão em pó (cúrcuma)
  • 1 xícara de água ( e mais uma xícara de água em reserva)
  • 1/3 xícara de óleo de coco extra virgem ( melhor)
  • 2 a 3 colheres de pimenta do reino moída na hora ( faça num dia que possa ir a feira para conseguir essa pimenta moída).

Modo de preparo:

Coloque o açafrão com uma xícara de água até que fica uma pasta grossa. Se perceber que está muito pastoso/denso coloque um pouco mais de água. Esse processo deverá ser feito para criar essa pastinha antes de incluir os demais ingredientes. Acrescente o óleo de coco e a pimenta do reino. Misture bem. Coloque em potinhos herméticos ou algo assim. Guarde em geladeira por até 2 semanas. Aplique nas regiões a serem tratadas fazendo massagem. Pode ocorrer que as regiões tratadas pela pomada fique amarelas, mas com o tempo, essa coloração sai normalmente.

O ideal é que o açafrão não vá ao fogo para não diminuir a sua eficácia terapêutica. Também recomendamos o uso de potes escuros para o armazenamento do mesmo, já que ele não se dá bem com a luz e o calor, por isso, se for incluí-lo nos seus preparos, faça isso já quando estiver fora do fogo,

Envie seu comentário