Como terminar um namoro que só existe na cabeça dele

Como terminar um namoro que só existe na cabeça dele

Já pensou como terminar um namoro com alguém que você não está tecnicamente namorando?

Pois é, hoje em dia é assim, os “namoros” simplesmente acontecem. Ninguém mais pede ninguém em namoro, na maioria das vezes, é o comportamento do casal que define se o relacionamento está sério ou não. Você conhece um carinha hoje, acha ele lindo, super simpático, fica com ele, depois quando percebe, estão se vendo todos os fins de semana e é quando você fica perdida e não sabe como terminar um namoro que só existe na cabeça dele. Isso é muito bom quando você realmente está gostando do cara e quer um compromisso, mas quando sente que a entrega para esta relação não é na mesma medida, que ele está mais apaixonado que você, o que mais deseja é cair fora.

Não sei por qual razão, mas acho que mulher gosta de sofrer mesmo, quando o cara quer algo sério, nós não queremos, mas quando ele quer só diversão, ficamos na maior bad. Mas isso não vem ao caso agora, o que queremos é uma fórmula de como terminar um namoro que não existe e sem magoá-lo. Afinal de contas, não sabemos o dia do amanhã, né? Vai que você descobre depois um sentimento por ele e queira voltar atrás, já imaginou? Quando isso acontece, as mulheres ficam loucas para conquistar o cara e fazem tudo errado. Você não quer que isso aconteça com você, certo?

Saiba como terminar um namoro e ainda sair bem na fita

1 – Converse com ele de forma sincera

A verdade é sempre o melhor caminho para quem quer saber como terminar um namoro e existem duas formas de ser verdadeira. A primeira é sendo realista, nesse caso você diz o que passa pela sua cabeça sem qualquer filtro, e põe um ponto final nessa história. A segunda forma, e a mais recomendada, é sendo sincera, se colocando no lugar dele e tentando encontrar as melhoras palavras para evitar que o magoe muito e você pode começar a conversa da seguinte maneira:
“Nesses últimos dias, eu tenho pensado muito na nossa relação. Eu não sei onde nosso relacionamento começou, quando a gente menos percebeu, já estávamos juntos e hoje pensei bastante nisso e queria compartilhar com você, porque eu não tenho certeza se quero um relacionamento sério nesse momento e acho que nada mais do que justo, eu colocar isso pra você para que possamos decidir juntos.”
Esta foi apenas uma sugestão para iniciar uma conversa, pois como terminar um namoro sem um ponto de partida? Não tem como, então pode seguir essa dica que é já um bom começo. Mas é claro que uma conversa, não é apenas você que fala, mas ambos. Por isso é importante que você sempre divida com ele a responsabilidade de uma decisão. Perceba que no final da frase acima, eu disse “para que possamos decidir juntos“. Agindo desta forma, você não fica com consciência pesada, afinal de contas, sendo sincera, ele mesmo vai concordar que pôr um fim nesse “relacionamento” é a melhor opção, já que você não tem certeza se é isso mesmo que quer. Quantas vezes sofremos por viver um amor não correspondido, portanto, devemos nos colocar no lugar deles.

Agora se você não está preocupada com sinceridade e quer saber como terminar um relacionamento que nem existe e não ficar como vilã nessa história, é só ler o que faremos no tópico seguinte.

2 – Seja vítima e não vilã

Antes de falarmos sobre como terminar um namoro se colocando como vítima na história, é preciso alertar que se você é daquelas que fica com consciência pesada facilmente, acho melhor parar por aqui e seguir a dica anterior. Agora se você nem esquenta para isso, vamos lá.

Procure descobrir algumas características ou comportamentos dele que possivelmente te incomodaria se você tivesse apaixonada e comece a focar nisso toda vez que estiverem juntos. Pense comigo, toda vez que uma garota está apaixonada por um cara e não sabe controlar os seus sentimentos, deixando transparecer de cara o quanto é caidinha por ele, tenha certeza que ele é que vai querer cair fora. Agindo como uma dessa meninas, ele vai repensar se deve ou não continuar nessa relação, aí muito provavelmente, o ponto final desse relacionamento vai partir dele e não de você.

Mas se ainda assim, ele não terminar e achar um fofo seus piripaques, pois mulher apaixonada tem piripaque… Na verdade mulher sentimental é assim, quando estão apaixonadas, até se cadastram em sites de relacionamento para viver uma paixão. Aí, minha amiga, ainda que se passando por esse tipo de garota, não adiantar, vai precisar pegar mais pesado. Como terminar um namoro com cautela é o ideal, mas as vezes precisamos partir para um outro lado.

Tentar encontrar um forma de como terminar um relacionamento jogando a culpa toda em cima dele. Eu vou dar um exemplo: se ele gosta muito de futebol e você sabe que ele não troca o futebol de domingo com os amigos por nada nessa vida, você vai fazer o seguinte: chame ele para almoçar com você no domingo, mas só faça isso, se você tiver a certeza de que ele vai encontrar uma forma de recusar, daí você finge que está tudo bem, na verdade vai estar tudo bem mesmo, afinal de contas, você nem quer mais ficar com ele. Mas enfim, procure tentar fazer programações em dias e horas que você sabe que possivelmente ele não poderá cumprir, esse vai ser o gancho para terminar a relação colocando a culpa nele. Dizendo que você está muito magoada e que repensou bem e que prefere ficar sozinha para não sofrer e focar no que realmente é importante. Aí você pode citar o trabalho, os estudos, enfim, qualquer coisa desse tipo. Esse método é infalível, não tenha dúvidas!

Escolha uma dessas formas e vai em frente!

Toda decisão que a gente toma na vida, a gente tem consequências, algumas boas, algumas ruins, então pense bem e escolha de forma bem consciente para não se arrepender, porque sabemos que nós mulheres somos estranhas mesmo, de repente do nada o jogo vira, a gente se apaixona e sofre.

Mas saiba de uma coisa, se o cara tiver realmente apaixonado como você pensa que ele está, independente da maneira que você termine, se você pedir para voltar, é só estalar os dedos que ele volta.

Espero que tenha gostado desse artigo e compartilhe nas redes sociais.

Comente também aqui abaixo se já viveu algo parecido e o qual foi a solução que encontrou para resolver isso.

Um agraço!

Envie seu comentário