Como Fazer Anil Líquido Caseiro Fácil

Como Fazer Anil Líquido Caseiro Fácil

Você gosta de ver suas roupas brancas com aquela corzinha levemente puxando para o azul que nos causa a sensação de que elas estão ainda mais brancas? E as roupas coloridas com cores ainda mais vivas? Se assim com eu, você gosta desse tipo de coisa então está no lugar certo! Hoje vamos ensinar Como Fazer Anil Líquido Caseiro Fácil e olha, você vai economizar muito!

Isso porque aqui na minha região, o anil líquido, no mercado custa em torno de 15 reais um frasco com apenas 200 ml que não dura muito.

Bom, com essa receita você deverá economizar bastante! Mas não vou dizer exatamente o valor, porém faça aí as contas, tenho certeza que você vai perceber que vale a pena fazer.

Ainda que seja fácil encontrar o anil em pedra, como aqueles que nossas vós e mães usavam, a ideia é ensinar o líquido pela praticidade em usá-lo!

Receita de anil caseiro líquido

  • 1 Pedra de Anil ( aquele antigo, do tempo das nossas avós rs).
  • 150 ml de lauril ou sulfato de sódio ( você encontra esse produto fácil no mercado livre ou mesmo em lojas de produtos de limpeza, química e essências).
  • 50 ml de água
  • 1 colher (de café) de sal.

Como fazer Anil em Casa

Em um recipiente coloque a água e o sal, misture bem para diluí-lo. Após coloque a pedra de anil e continue mexendo até dissolver completamente o anil. Em seguida coloque o lauril e misture e coloque em uma garrafa plástica ou de vidro.

DICA 1: Se preferir, você poderá aquecer os 50 ml de água antes de iniciar o processo pois assim conseguirá diluir mais facilmente a pedra de anil, mas essa dica é opcional!

DICA 2: Separe uma vasilha e uma colher de plástico ou de pau para fazer esse tipo de receita.

Prontinho! Agora você tem 200 ml de anil líquido com a mesma qualidade daquele que é vendido no mercado a um custo que não chega a 5 reais. Economia na certa! E de quebra, terá as roupas brancas ainda mais alvinhas ou as coloridas com cores ainda mais vivas como eram as roupas na nossa época de infância, penduradas no varal ao sol, cheirando limpeza que nossas mães e avós deixavam “quarando” depois usavam anil, não é mesmo!?

Envie seu comentário