Brigadeiro Vegano: Sem Açúcar, sem leite condensado, sem Lactose

Brigadeiro Vegano: Sem Açúcar, sem leite condensado, sem Lactose

Oi gente, hoje o artigo é bem curtinho, mas uma agradável surpresa especialmente para quem é vegano, ou por alguma razão não possa consumir leite ou açúcar, porém não dispensa um delicioso brigadeiro. A receita de hoje é Brigadeiro Vegano: Sem Açúcar, sem leite condensado, sem Lactose.

A única ressalva é  que ele é um pouco calórico pois tem bastante carboidrato, então é bom comentar.

Ingredientes:

  • 8 tâmaras medjool ( você pode usar outro tipo porém deverá deixá-las de molho em água por 12 horas).
  • 6 colheres de chá de cacau em pó sem açúcar
  • 2 colheres de chá de óleo de coco
  • Granulado sem lactose.
  • 1/4 de colher de chá de essência de baunilha (opcional)

Modo de fazer:

Retire os caroços das tâmaras e corte em pedaços bem pequenos. Após coloque em um processador, iniciando pelos sólidos e terminando com os líquidos para ficar bem próximo das laminas do facilitar o processo. 

Após processado é só enrolar no tamanho desejado, tendo o cuidado de untar as mãos com óleo ( pode ser de coco ou outro que preferir) e passe pelo granulado, ou, se preferir, consumir assim, de colher…

Pode acreditar que esse brigadeiro fica mesmo com sabor daquele brigadeiro feito com leite condensado. Mas é importante que você utilize tâmaras de qualidade e as tâmaras medjool têm sabor muito aproximado ao de doce de leite. Pessoas com diabetes podem consumir, mas com cautela pois é um alimento calórico. 

Dica: Você poderá fazer para vender! Isso mesmo. Com o recente mercado Vegano e de produtos sem glúten, sem lactose, sem açúcar no Brasil, essa é uma boa ideia. 

Quando coloquei essa receita pela primeira vez na página, algumas pessoas entraram em contato comigo dizendo que “isso não erá Brigadeiro mesmo”, claro que é o ponto de vista de cada um! Para quem, por alguma razão, não pode comer o brigadeiro comum feito de leite condensado e manteiga, esse é sim um brigadeiro, só que Vegano! Tem a aparência do comum e o sabor muito similar também. Experimente fazer e comer, claro, e depois nos conte o que achou! Você vai se surpreender.

Envie seu comentário